26.03.2015  

throw back thursday: 23 anos de história

Hoje faço 23 anos. 🙂

É incrível a saudade que você sente ao ver as fotos da sua vida, cada vez um saudosismo único. Aquele sentimento tão particular de lembrar com amor da sua própria história. Sem arrependimentos. Lembrar da lancheirinha da escola, das festas com bolo gelado e guaraná, de inventar teatros e convencer os primos a participarem, de passar cola, de banhar de piscina sem se preocupar com depilação, de odiar quando minha mãe alisava meu cabelo, de roubar brigadeiro na festinha alheia, de não ter medo de sujar as mãos de tinta, de ver desenho na TV comendo nuggets, de fazer castelinhos de areia, de puxar o rabo do gato da vó, de não preocupar com vestibular, de ficar triste por ainda não ter beijado na boca e as amigas sim, de ver o corpo mudar, de odiar o cabelo, de amar o cabelo, de se sentir sozinha, de não ter amigos, de tirar fotos bregas pra colocar no orkut,feeling23

de arrumar uma turma legal pra ir pro shopping, de jogar cobrinha no celular, de aprender a gostar de poesia, de ter a primeira paixão, de fazer cartas perfumadas pra paixonite da escola, de passar pasta de dente pra secar espinha, de querer alisar o cabelo, de ser considerada nerd sem nem ser, da mudança de colégio, da pressão pra passar, de usar aparelho, de não estudar direito, dos almoços nos restaurantes, das aulas a tarde, de tropeçar a cair da escada, das aulas sobre trigonometria que achei serem úteis, de me descobrir míope e ver o mundo em HD graças a um óculos, de aprender muito bem fisiologia humana, de mudar de cidade e ver que posso fazer amigos em qualquer lugar, do frio do Paraná, de ouvir “daí”, de voltar pras origens, de não saber o que é faculdade, de me decepcionar com o ensino no Brasil, de me descobrir “de esquerda”, de ter decepções amorosas, de me sentir inútil pro mundo, de achar um amor, de receber amor, de ter amigos queridos, de conhecer outros países, de sentir a dor do outro, de querer mudar o mundo, do aprendizado que o amadurecimento me trouxe,

São só 23 anos.

Que nos próximos 23 eu possa sentir mais e mais amor do mundo e de mim. E que as lembranças permaneçam assim, tão calorosas como são agora 🙂

Aqui embaixo tem amor:

Divulgue seus posts!