16.11.2016  

A vida contada sob o olhar: Coldplay

Um jeito diferente de contar nossas histórias é usar de boas trilhas sonoras. Hoje alguns momentos e sentimentos especiais da minha vida serão retratados sob o olhar de uma das minhas bandas preferidas desde sempre.

Define os melhores momentos

Every Teardrop is a Waterfall representa muito bem o meu estado de espírito quando as coisas estão bem. Ouvir essa música ao vivo no Maracanã ficou gravado como uma das minhas melhores memórias.

Traduz o amor

Ink é a trilha que fala do forte sentimento de amor gravado, permanente. Para cada desilusão amorosa, cada amor vivenciado e todo o amor que nutro hoje, “fiz uma tatuagem e a dor está bem / só queria uma maneira de te manter aqui dentro…” O amor que sinto hoje é resultado de muita “tinta” na pele 🙂

Faz companhia na tristeza

Muitas são as músicas que me acompanham na tristeza. Sparks (e o álbum Parachutes como um todo) me lembra das minhas dificuldades de relacionamento, de tentar resolver as coisas e no final elas nem sempre darem certo. “Não vou te decepcionar / Ah, eu irei… Ah, eu irei…” Uma música especial de fossa.

Relembra os amigos

Paradise me lembra quando vivi no Paraná há 6 anos, todas as pessoas que convivi e experiências que tive lá. Amigos que não tenho mais contato, mas que ficam gravados na memória.

Revisita a infância

Quando comecei a aprender inglês em 2004, Coldplay foi a primeira banda estrangeira que tive contato para aprender a ler. Yellow estourava há mais de 5 anos, mas foi meu primeiro contato com a banda que iria me acompanhar pelos próximos 12 anos.

Põe o dedo na ferida

Us Against The World me ensina a acreditar que é preciso parar um pouco dentro do caos, não desistir. Dentro de todo o caos que vivi no último ano, sempre que a ouço, me lembro que todo dia é um dia novo. Mesmo que eu queira “fazer os problemas erodirem na chuva”, tenho que ir “mais devagar” e lembrar que sempre tenho com quem contar.

Resume o seu presente

Nessa minha nova fase de amadurecimento, A Message consegue resumir brilhantemente meus sentimentos. “Minha canção é amor, amor para os sem amor / E isso continua, você não tem que ficar sozinha // Seu coração duro é feito de pedra / E é tão difícil ver claramente: você não tem que ficar sozinha”. Mesmo sendo uma canção de amor, A Message me fortalece ao me lembrar que eu não estou só.

_
Há várias outras bandas que poderiam contar minha vida, mas não faria sentido começar qualquer relato sem Coldplay. São 12 anos de trilha sonora embalando meus passos. E tantas, tantas músicas ficaram para trás… Hardest Part, Clocks, Fix You, Charlie Brown, In My Place, Parachutes

Aqui embaixo tem amor:

Divulgue seus posts!