12.12.2014  

{agora vai!} 5 pratos para quebrar em 2014

O Agora Vai! é uma tag pra ver se eu largo de bobeira e completo logo as coisas que eu quero pra minha vida. Ela existe desde julho 2012 e eu ainda não consegui nem terminar a lista que fiz lá, que repeti até esse ano 🙁

Aproveitei a postagem coletiva do Rotaroots, sobre as coisas que a gente quer deixar em 2014 e não levar pro novo ano, para atualizar o Agora Vai!, retirar as coisas que eu já não tenho mais interesse e adicionar aquelas que se adequam mais à minha vida agora.

AND THE OSCAR THE LOS PRATOS PARA QUEBRAR GOES TO…quebrar-pratos

5. Expectativas 

Sabe qual é, sou uma pessoa muito ansiosa. Não consigo fazer as coisas sem planejamento, sem saber como vai funcionar direitinho, sem ter precauções pra eu não morrer esperando. Meu mantra sempre foi procurar meu equilíbrio, criar menos expectativas (boas e ruins) e viver a vida do jeito que ela é e as pessoas como elas são. Tentar não sofrer por antecipação por imaginar coisas que nem sempre vão acontecer ou que se acontecerem, nunca serão do jeito que a gente pensou (nunca). Em 2015 eu quero aprender o lerigoooou lerigoooou, sacomé?

4. Bagunça

Minha meta é aprender a me organizar, a ser menos bagunceira. Claro que tem dias em que isso é impossibru, mas eu quero aprender a chegar em casa, colocar os sapatos no lugar, não pendurar as roupas na cadeira, não jogar as coisas em cima da minha mesa e a arrumar minha cama quando acordo. Sou só eu ou essas coisas parecem às vezes tão inúteis? 🙁 A gente só percebe que não são quando tudo vira o mais imenso caos e dae é uma bosta arrumar tudo.

Isso vale também pra bagunça interior. A gente vai deixando tudo bagunçado, sem clareza, aquela confusão de sentimentos por tanto tempo e nem sempre isso é bom pra seguir em frente. 2015 eu quero aprender a organizar o íntimo, a cabeça, colocar as emoções no lugar.

Bagunça, stay in 2014 prís!

3. Olha aqui kiridinha…

2014 foi um ano em que eu tomei as dores alheias e me estafei de trabalho pra/por gente que não merecia nem um pouco do que foi feito, principalmente nesse finalzinho. Esse prato eu quebro com gosto. 2015 vai ser um ano do “Olha aqui kiridinha… não sou tuas nega”, apenas chega de me doar demais para situações em que o retorno é somente stress e desgosto. Tô coletando amor e não úlceras, bjs

2. Preguiça

Eu achava que esse seria o meu maior prato a ser quebrado, mas fica em 2º lugar. 2014 foi um ano muito preguiçoso, sem muitas vontades. Acho que é por isso que sou bagunceira (externa e internamente), por falta de ânimo, às vezes até de ter ânimo. Quero quebrar esse prato e trazer o prato da perseverança em 2015, não só pra fazer o TCC, mas pra conseguir as coisas que eu quero pra minha vida e pro mundo.

1. Procrastinação

Irmã da preguiça. Esse ano eu procrastinei MUITO, muito mesmo. Demais da conta. Mas não me leve a mal, eu sou uma pessoa que só funciona trabalhando sob pressão. Me dê 50 serviços pra resolver em duas horas, mas não em 6 meses, kkk. Eu trabalho muito melhor assim, com tempo de execução curto, parece que a criatividade flui melhor. Não sei lidar com prazos longos, porque dá muito espaço pra preguiça chegar e tudo mais 🙁 Mas quero que o prato da perseverança me ajude a cuidar do prato da disciplina, que é a coisa que eu mais preciso ter no ano que vem.

Agora vai, tô confiante!

Os pratos tão quebrados e espero que não tenha super bonder em 2015 pra colá-los de volta, kkk. Quais são suas expectativas pra esse novo ano? Seus pratos são tão difíceis quanto os meus? (vaso ruim parece que não quebra afff)

A lista do Agora Vai! 2015, atualizada:

Deixar de ser onicófaga;
Decorar o quarto;
Me aperfeiçoar em Photoshop e HTML;
Dar mais chances à novas séries;
Concluir o TCC com louvor;
Viajar para um lugar diferente;
Doar livros;
Ler livros;
Cozinhar com frequência;
Perdoar um pouco todo dia;
Escrever poesias;
Dançar no forró;
Economizar dinheiro o quanto puder;
Ir ao clube E entrar na piscina;
Visitar um templo Seicho No Ie;
Insira a vontade aqui

__
Esse post faz parte da postagem coletiva do Rotaroots, um grupo de blogueiros que fala o que dá na telha e é a favor da blogosfera old school.

30.10.2014  

A minha mão transcreve Pessoa

coffeepocket-fernando-pessoa3 coffeepocket-fernando-pessoa2__
Essa é uma postagem coletiva (e atrasada) do Coletivo Rotaroots, um grupo de blogueiros massa e old school que promove a criatividade na blogosfera. Uma das sugestões para outubro era fazer um post “manuscrito”.

Esse é, de longe, o meu poema favorito de toda vida.

04.09.2014  

STOP THE BEAUTY MADNESS

Abro os olhos. Porra, já é 6h, vou me atrasar pra faculdade, que preguiça.

Tomo um banho rápido. Tô usando esse sabonete da Dove faz dois meses e não tenho a pele hidratada ainda, que mentirada. Depois eu entro no blog da Fulana e vou procurar alguma coisa pra isso. Porque cremes tem que ser tão caros?

Prendo o cabelo em rabo de cavalo. Tá oleoso de dar dó, mas nem a pau que eu vou usar ele solto, todo mundo vai ver que tá pingando e vão achar que eu não lavei o cabelo essa semana. A Mariazinha lá da sala tem o cabelo lindo, será que ela faz escova todo dia?

Olho no espelho o corpo nu. Cara, quem diabos tem espinha na bunda? Tenho que ir num dermatologista, meu namorado não pode ver essa cratera. Já basta a celulite. Essa depilação tá vencendo, mas dói tanto só de pensar… :'( Tem mulher que vive sem depilar, menina, não tem problema! Tem, tem sim. Não é higiênico. Será que dá tempo de tirar os pelos do dedão? Não deu pra fazer isso essa semana, tá corrido o TCC. É isso ou usar sapatilha. Ir com o pé cabeludo não dá, que que a Mariazinha vai pensar?

Visto a calcinha. M já não cabe mais, gorda ridícula. Vai ter que passar na feirinha e comprar G. Essas calcinhas com o lado muito fino só realçam sua banha, olha aí, que pança! Esse sábado você resolve isso. E não come nada hoje porque você tem que emagrecer a torta do seu aniversário. Você TEM.

Sento na cama em frente ao guarda-roupa aberto. São 6:20h, você tá atrasada, de novo, pra variar. O que usar? É só faculdade, não um concurso de beleza. Se eu colocar aquela camiseta velha minha mãe vai me torrar a paciência mais uma vez porque não vai arrumadinha. A Mariazinha anda tão alinhada, como ela dá conta de acordar 4h da manhã todo santo dia pra se maquiar? Afff. Tô muito desleixada. Tenho que combinar algo com a sapatilha, não dá pra usar chinelo com o dedão cabeludo. Nem short porque essas pernas grossas e celulitadas não ficam bem com nada. Fora esse joelho preto. Vou usar aquela sapatilha mesmo, como é que aquela blogueira colocou com a calça jeans? Mas ela tem uma bolsa Birkin, você só tem a da feirinha. Ah, não dá pra ser o que você não é menina, veste a roupa logo!!!!

Visto calça jeans azul #C&A, sapatilha preta #Moleca, camiseta Originale para #supermercadoextra e bolsa preta #FeiradaLua. Aff, esse sutiã relaxado, tomara que não apareça. Ah, FODA-SE, ninguém tem nada que reclamar. Dá uma ajeitada nesse sutiã E PELO AMOR DE DEUS TIRA A MÃO DESSA BOCA, tá roendo as unhas de novo que nojo. Aposto que a Mariazinha tem as mãos lindas (ela tem).

Pego as coisas correndo. Você é tapada demais e ainda por cima CEGA, vai deixar os óculos pra trás porque, fia? Vão arruinar o look, preciso de lentes de contato. VAI LOGO BUSCAR AQUELE ÓCULOS. Prefiro não enxergar direito, é só sentar mais na frente dessa vez.

Espero o elevador no hall. Vou ter que pintar as unhas essa semana, essas cutículas tão podres. Porque você não dá conta de passar creme todo dia? Ai, que elevador demorado, alguém deve tá travando. Tá levando dinheiro? Não, não precisa. Se levar vai ficar tentada a comer aquele salgado na faculdade e você já viu que não é saudável essas coisas. Melhor ficar sem comer. Mas você vai ficar com fome. Não, não preciso comer. Bom que eu economizo e compro aquele creme da Natura que eu vi no catálogo esse mês.

Entro no elevador. Aperto o T. Como é que o povo tira tanta selfie em elevador, hein? Ridículo. Olha o TAMANHO dessa espinha na sua testa. Volta lá e passa uma base nessa cara, fia. Dá tempo, ainda são 6:30h. O professor não implica de chegar atrasado, sabe como é a PUC…O ônibus vai tá lotado, não tem importância sair sem maquiagem. Sua irmã falou que a sua sobrancelha tá um desastre, mas você é peluda mesmo cara, dois meses depois tinha nascido macaca. Que bosta, porque eu não nasci loirinha que nem a Maria? Meu braço é cabeludo demais, mas não dá pra descolorir, fica mais feio ainda. VOLTA LÁ. Volta, cara. Não vai com esse olho inchado. Dá tempo. Tá feio, você tá feia demais. Olha essa cara, que seboso. Queria ter a pele seca. A Tati te desafiou naquela parada de foto natural no facebook. Legal aquilo né? A gente tem que se amar mais mesmo. Mas não tira a foto hoje, a cara tá oleosa por causa do cabelo. Aquele blog disse que é bom fazer cronograma capilar, mas eu não posso comprar mil cremes diferentes. Nem um batom você passou, que maravilha. TIRA ESSA MÃO DA BOCA GURIA.

Notificação no celular. É o Guto. Te amo, você é linda.

E o dia, enfim, começa.

eleanor

nem mesmo você mesma.

__
Postagem coletiva sugerida pelo grupo Rotaroots. Qualquer semelhança com a minha vida não é coincidência.