Saudade

…..Hoje é Dia da Lembrança, ou mais precisamente, Dia de Finados. Mas não é pela data, necessariamente, que tenho saudades. É pela dor no peito, pelo sorriso no rosto, pelo saudosismo da vida que eu sinto. Esse texto é uma homenagem àqueles que tive a felicidade de compartilhar mais de mim e receber amor em troca; uma recordação de quem tem falta e tem carinho mas não sente tristeza, não sente dissabor. Esse texto é a agonia da distância ao passo que é a calmaria da presença. 

…..Esse texto é um álbum. E por ser assim, não possui legendas nem explicação. Esse texto é a minha vontade do abraço, da conversa, da risada e do chorar junto. É a vontade de estar perto estando longe. Esse texto é eu comigo, eu com você. É um agora, um passado e, quem sabe, um futuro. Um futuro feito de nós, pois a saudade não acaba com a presença. São opostos contemporâneos. Esse texto é a vida, é a memória. São fotografias dispersas mas emocionadas, ligadas por um fio do tempo, uma energia afim, uma construção de algo. Esse texto é um pedaço de mim.

…..É um eu, apenas.

*As imagens foram retiradas por maior privacidade.

Uma resposta para “Saudade”

  1. Janicris disse:

    ooh… tão lindo… é maravilhoso poder ter vc na minha vida… te amo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *